Call of Duty 2022 será uma “nova geração”, está sendo desenvolvido pela Infinity Ward


Call of Duty 2022 começa a aparecer entre os comunicados oficiais da Activision Blizzard e suas equipes internas, em particular com a confirmação de que a Infinity Ward será responsável por isso, conforme claramente relatado pela equipe com um tweet enigmático que, no entanto, deixa claro quem é o autor do próximo capítulo, bem como a ideia de que representa uma nova geração.

“Uma nova geração de Call of Duty está chegando, mantenha o foco”, diz a mensagem concisa da Infinity Ward. É claro que a equipe em questão é responsável pelo novo capítulo da série previsto para 2022, mas além disso é difícil traçar muito mais informações.

Parece que uma apresentação está chegando, e isso também seria confirmado pela ideia de lançar o Call of Duty de 2022 um pouco antes do que aconteceu com Call of Duty: Vanguard, para que pudesse ser mostrado já no próximo poucos meses. De qualquer forma, há um elemento particular que emerge da mensagem: a referência à “nova geração”, segundo alguns, pode ser uma indicação da transição líquida para PS5 e Xbox Series X|S para o capítulo de 2022, assim abandonando a geração anterior.

Talvez o momento seja propício para tal escolha, mas obviamente aguardamos quaisquer esclarecimentos da equipe. Deve ser uma sequência direta de Call of Duty: Modern Warfare de 2019, que por sua vez foi uma espécie de remake/reboot do homônimo de anos anteriores, mas que mudou a história de forma bastante profunda.

Isso nos leva a pensar que o Call of Duty de 2022 pode contar algo completamente novo, como confirmado pelos rumores que falam de um possível cenário relacionado aos cartéis de drogas colombianos, mas no momento é apenas especulação.