Guerra Rússia-Ucrânia: o apelo dos devs de Stalker 2 nas redes sociais


O pior cenário infelizmente se materializou, com a Rússia iniciando sua invasão da Ucrânia hoje. Algumas estúdios de desenvolvedores ucranianos comentaram o incidente nas redes sociais, incluindo a GSC Games World, os desenvolvedores do STALKER 2, que lançaram um apelo no Twitter, alegando ter total confiança nas forças armadas de seu país e fazendo um apelo a todos para ajudar as vítimas da guerra.

“Hoje, a Federação Russa declarou oficialmente guerra à Ucrânia. Nosso país acordou com os sons de explosões e armas de fogo, mas estamos prontos para defender sua liberdade e independência, continua forte e pronto para qualquer coisa. O futuro é desconhecido, mas nós estamos confiantes nas forças armadas do nosso país. Por isso, dirigimo-nos a todos os nossos colegas do sector, jogadores, blogueiros ou qualquer pessoa que veja este post: compartilhe-o, não fique de lado e ajude quem precisa , lê-se no apelo publicado em Twitter da GSC Games World, com os detalhes de uma conta bancária na qual, se desejado, é possível fazer uma doação em favor das forças armadas ucranianas.

 

 

“Não podemos ficar parados assistindo. A Rússia ataca nossa pátria e nega a soberania da Ucrânia. Estamos tentando nos manter seguros, mas esta é uma guerra. Somos uma nação pacífica, nunca atacamos ou ameaçamos ninguém. Por causa dessa situação, nosso trabalho sofrerá e nossas vidas podem ser destruídas“, a mensagem da Frogwares, um estúdio ucraniano independente, autor de The Sinking City e Sherlock Holmes: The Devil’s Daughter.

A Vostok Games, autora de Fear the Wolves, publicou um post que imortaliza a bandeira da Ucrânia, sem nenhuma mensagem de acompanhamento.

No momento, no entanto, a 4A Games , casa do Metro Exodus , não divulgou nenhum comentário sobre o assunto. Estamos acompanhando o caso, e desejamos boa sorte para eles. Realmente a situação é muito triste.