Starfield apresenta seu primeiro personagem companheiro e explica como os NPCs reagirão às ações do jogador


Algo que você já deve ter visto em The Outer Worlds da Obsidian poderá se repetir em Starfield da Bethesda. Ocorre que, hoje foi apresentado o primeiro personagem companheiro de Starfield: VASCO, o robô.

A exibição foi feita em um vídeo que comentados pelos próprios desenvolvedores, o chefe da Bethesda Game Studios, Todd Howard, comenta: “Não importa a história que escrevemos, aquele que os jogadores dizem a si mesmos é o que eles pensam e amam mais, e os companheiros.”

Abaixo vemos o que parece ser o VASCO, um robô muito prático que cumprimenta os telespectadores dizendo: “Olá, capitão. Como posso ajudá-lo?” Obs. aperte o “play” abaixo que pode ser uma cena “in-game”.

Acreditamos que este nome “VASCO” esteja relacionado ao explorador português Vasco da Gama, já que Bethesda aposta na “exploração em terra” em um universo mais realista, e descreve seu jogo como NASA-Punk. Os desenvolvedores continuam explicando como os pares foram melhorados no novo RPG. Howard resume dizendo: “Algo em que realmente nos apoiamos neste jogo é o que os outros personagens sentem por você.”

A ideia é que os NPCs tenha um comportamento mais real, seja tudo mais evoluído que os seus jogos anteriores:

“Sempre permitimos que o jogador criasse personagens realmente interessantes e únicos”, diz Pely. “Neste jogo, aumentamos muito o nível. A tecnologia é baseada na digitalização de modelos do mundo real, semelhante à fotogrametria que fazemos em nossas paisagens. Também estamos aplicando o mesmo ao nosso povo. Porque não é apenas sobre a aparência do jogador e tudo isso, mas queremos que todas as interações pessoais com NPCs, com outros personagens do jogo, sejam o mais impactantes possível. E para isso você tem que acreditar que eles são pessoas reais, que você é uma pessoa real e que você está interagindo com pessoas reais.”

O artista principal Istvan Pely acrescenta: “Essa é provavelmente a minha parte favorita, como quando você está explorando e seu parceiro faz algum comentário improvisado sobre algo que você está verificando ou algo que acabou de acontecer. Isso é perfeito para imersão. É tão crível que você pensa que é uma pessoa real.”

É meus amigos, parece que teremos um grande jogo a caminho e cada novo detalhe nos deixa ainda mais animados para descobrirmos o que pode acontecer.